O Paulistão 2020 já tem quatro rodadas disputadas, cada clube já fez duas partidas cada como mandante, e já é possível começar a montar um ranking com as rendas líquidas desses jogos. O Blog do Allan Simon vai acompanhar os números das três principais divisões do estado. Apenas a Série A-3 ainda está atrasada e teve uma rodada a menos.

Adotamos como critério este ano a renda líquida por um simples motivo: informar o valor bruto arrecadado por cada clube em seu estádio na competição seria ignorar que há gastos – e pesados – com a realização das partidas. Esses valores “comem” boa parte do dinheiro que entra e, algumas vezes, chega a causa prejuízo na conta final.

Na Série A-1, após quatro rodadas, dois times têm prejuízos acumulados. São os casos de Oeste e Botafogo de Ribeirão Preto. O time de Barueri teve renda líquida negativa de R$ 5,7 mil na primeira partida em casa, contra o Ituano, e perdeu mais quase R$ 3,9 mil na segunda, diante da Ferroviária.

Já a Pantera, que vive péssima fase também em campo no Paulistão, viu os gastos superarem os ganhos em R$ 3,3 mil contra a Ponte Preta, e ainda perdeu mais R$ 16,3 mil na vergonhosa goleada sofrida para o Mirassol na última segunda-feira (3). Todos os dados usados neste levantamento são dos boletins financeiros públicos divulgados após cada rodada pela Federação Paulista de Futebol.

Entre os grandes, a liderança disparada é a do Corinthians, que acumula receita líquida de R$ 2,4 milhões. Mas é porque o time recebeu um clássico contra o Santos que, sozinho, representou R$ 1,8 milhão desse valor. O Palmeiras, segundo colocado em lucro com bilheteria, teve que mandar o seu duelo contra o São Paulo em Araraquara, impedido de usar o Allianz Parque devido à troca de gramado.

Com isso, o Verdão arrecadou R$ 867,5 mil livres até agora no Paulistão. O Mirassol, que aproveitou seu duelo em casa contra o Corinthians na segunda rodada para lucrar R$ 528,6 mil, tem R$ 544 mil de saldo positivo acumulado. Mais que o Santos, que somou R$ 432,8 mil, e o São Paulo, com R$ 370,9 mil.

O Tricolor, inclusive, também é atualmente superado pela receita líquida da Ferroviária, outro time que teve a chance de receber um grande em casa e já a aproveitou – justamente contra o time do Morumbi. A equipe de Araraquara teve lucro de R$ 426,6 mil até agora.

Cabe uma nota elogiosa também ao Água Santa, que acumula ganhos de R$ 152,6 mil sem ter recebido times grandes em casa. Até agora foram jogos contra o Grêmio Novorizontino e o Ituano.

Confira o ranking completo de receitas líquidas acumuladas na Série A-1 do Paulistão após quatro rodadas:

TimeRenda líquida
1CorinthiansR$ 2.408.442,52
2PalmeirasR$ 867.516,85
3MirassolR$ 544.075,88
4SantosR$ 432.880,79
5FerroviáriaR$ 426.608,06
6São PauloR$ 370.913,49
7ItuanoR$ 323.909,32
8Água SantaR$ 152.602,10
9GuaraniR$ 138.261,50
10Red Bull BragantinoR$ 99.667,20
11Inter de LimeiraR$ 68.357,72
12Ponte PretaR$ 55.832,46
13NovorizontinoR$ 31.141,26
14Santo AndréR$ 6.410,74
15Oeste-R$ 9.598,41
16Botafogo-R$ 19.671,18

Paulistão Série A-2 tem times que ganham mais que na elite

O Juventus da Mooca chama a atenção. Lucrou R$ 30,2 mil na Rua Javari em sua estreia como mandante diante do Sertãozinho (empate em 1 a 1). Depois, mais R$ 29,4 mil contra o São Caetano (derrota por 3 a 1). Se no campo o time não foi bem, a bilheteria proporcionou uma renda líquida de quase R$ 60 mil até agora. Bem melhor que a Ponte Preta, por exemplo, que mesmo tendo clássico contra o Corinthians em casa (tudo bem, foi torcida única, mas era jogo atraente ao público) lucrou R$ 55,8 mil até agora.

A Portuguesa, com sua receita líquida acumulada até agora de R$ 25,5 mil, também tem performance melhor que Santo André, Oeste e Botafogo. São dois casos de times da capital que possuem muita tradição no futebol e conseguem levar público aos seus estádios.

Mas, se pensar que a elite do futebol paulista já tem após quatro rodadas dois times que acumulam prejuízo com bilheteria, é louvável que dez clubes da Série A-2 apresentem lucros até agora. Apenas seis têm saldo negativo: Audax, Rio Claro, São Caetano, Atibaia, São Bernardo FC e Red Bull Brasil. Não à toa a maioria desse grupo é formada por times controlados empresas ou com pouca torcida.

Confira o ranking de rendas líquidas acumuladas após quatro rodadas no Paulistão Série A-2:

TimeRenda líquida
1JuventusR$ 59.695,83
2PortuguesaR$ 25.533,11
3XV de PiracicabaR$ 23.186,26
4SertãozinhoR$ 22.441,56
5TaubatéR$ 20.326,93
6VotuporanguenseR$ 16.556,06
7Portuguesa SantistaR$ 16.512,26
8São BentoR$ 8.415,76
9PenapolenseR$ 6.936,84
10Monte AzulR$ 3.659,73
11Audax-R$ 1.601,31
12Rio Claro-R$ 7.637,84
13São Caetano-R$ 17.277,93
14Atibaia-R$ 25.034,44
15São Bernardo FC-R$ 28.259,62
16Red Bull Brasil-R$ 30.058,23

Jogo da Série A-3 teve quase R$ 92 mil de lucro

Em uma prova que o futebol paulista deveria repensar seu formato rumo à regionalização nas divisões inferiores, o Noroeste LUCROU R$ 91.859,33 no clássico contra o Marília em Bauru. A renda total bruta passou dos R$ 100 mil em um jogo de Série A-3, a terceira divisão estadual.

Não publicamos ainda o ranking deste campeonato porque oito times fizeram dois jogos em casa, enquanto outros oito ainda estão apenas com um jogo como mandante. O Blog do Allan Simon seguirá acompanhando os borderôs durante a competição estadual em seus três níveis principais.

CONHEÇA NOSSO NOVO CANAL NO YOUTUBE

LEIA MAIS
– Copa do Brasil: 7 coisas que você precisa saber sobre o torneio que começa hoje
1ª Supercopa do Brasil usou jogos da Libertadores. E se tivesse continuado?
– Supercopa do Brasil: última edição teve Corinthians campeão com menos de 3 mil
– Brasileirão: 1ª grande guerra por direitos de TV envolveu quatro emissoras há 25 anos
– Globo chegou a anunciar criação de canal chamado “ESPN Fox Sports” há 20 anos
– Brasileirão: Como o dinheiro da TV foi distribuído entre os fundadores do C13 desde 2001
– Brasileirão: Linha do tempo mostra evolução do ranking de transmissões da TV aberta em SP
– Projeção: Quanto cada time ganhou com televisão no Brasileirão 2019 
– Globo: Diferença entre rivais de SP no Ibope cai no Brasileirão 2019; veja os números 

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS:

Twitter

Facebook