O Santos vai ter neste domingo (8) a sua quinta partida transmitida pela Rede Globo na cidade de São Paulo no Brasileirão 2019. É a primeira vez que o time alvinegro alcança essa marca desde 2012, quando a emissora mostrou seis jogos da equipe, que ainda tinha Neymar, no Campeonato Brasileiro daquele ano. É também a segunda maior exposição do clube nesta década pela Globo SP. O campeonato deste ano ainda nem chegou à metade.

O jogo do Santos contra o Athletico Paranaense também será exibido pela TNT na TV por assinatura para todo o Brasil, menos para o estado de São Paulo, que só poderá ver a partida na Globo ou no Globoesporte.com, já que o Premiere não transmite as partidas do Furacão no Brasileirão 2019 por falta de acordo.

A Globo vai mostrar Santos x Athletico também para os estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Ceará. A narração será de Cléber Machado, com comentários de Caio Ribeiro, Paulo César de Oliveira e Ana Thaís Matos, a primeira mulher a exercer essa função em jogos de futebol masculino na emissora.

Antes do duelo contra os paranaenses, o Santos já teve transmitidos para a capital os jogos contra o Vasco (vitória por 3 a 0), Internacional (0 a 0, também dividido com a TNT), o clássico contra o Corinthians (triunfo por 1 a 0), e uma vitória contra o Avaí por 3 a 1.

Nos últimos anos, o Santos viu cair vertiginosamente a sua exposição na Globo SP. Um levantamento feito pelo Blog do Allan Simon mapeou recentemente a quantidade de jogos de cada clube no Brasileirão desde 1987 transmitidos na filial própria da matriz carioca em São Paulo.

O Peixe, que chegou a ter 30 jogos em TV aberta transmitidos no Brasileirão 2003 (22 na Globo e mais oito exclusivos na Record), desabou a ponto de só ter duas partidas mostradas pela Globo em 2016 (quando foi vice-campeão brasileiro), número que se repetiu em 2017, em ambos os casos sem uma outra emissora mostrando jogos, como funcionou entre 2007 e 2015 com a Band e de 2002 a 2006 com a Record.

Mesmo em um ano no qual um dos quatro grandes paulistas esteve na Série B, em 2013 com o Palmeiras, o Santos não passou de quatro jogos transmitidos pela Globo SP. O mesmo número foi registrado em 2015. Em 2014 e em 2018, foram apenas três partidas em cada edição. O time alvinegro havia virado praticamente uma opção para os clássicos diante dos outros rivais do estado.

Em 2011, primeiro ano da década, também foram três jogos exibidos na região metropolitana de São Paulo (que não viu, por exemplo, o jogo épico Santos 4 x 5 Flamengo, exibido pela Globo RJ, e ficou com um também emocionante Coritiba 3 x 4 São Paulo na mesma noite na Globo SP, enquanto a Band mostrou para os paulistas um Figueirense 0 x 1 Palmeiras com exclusividade). Aquela temporada ficou marcada pelo título da Libertadores conquistado pelo Santos de Neymar.

No Brasileirão 2019, a Globo viu o Santos ser transmitido por uma concorrente em TV por assinatura pela primeira vez. A TNT, da Turner, tem contrato com a equipe da Vila Belmiro até 2024. Um dos motivos que levaram o Peixe a desertar do acordo exclusivo em todas as mídias com o Grupo Globo era justamente a falta de exposição. No canal que leva a marca do Esporte Interativo nas transmissões, o Santos já teve cinco jogos exibidos e vai ter mais sete até o fim do Brasileirão, incluindo o duelo deste domingo contra o Athletico.

O Santos também se dá bem por crescer em exposição justamente no ano em que isso passa a valer como critério de distribuição de parte do bolo que a Globo vai pagar aos clubes. Dos R$ 600 milhões prometidos pelo contrato de TV aberta, 30% (R$ 180 milhões) vão ser divididos de acordo com a quantidade de jogos exibidos pela emissora.

A quantidade de aparições do Santos é até maior do que esses cinco jogos que serão completados contra o Athletico. Considerando também partidas exibidas pela Globo para outros estados e para a região da Baixada Santista pela TV Tribuna, essa já será a oitava aparição do Peixe em TV aberta em algum ponto do território nacional no Brasileirão 2019.

Foram transmitidas dessa maneira, sem inclusão da capital paulista, a vitória contra o Ceará (1 a 0, também exibida pela TNT, mostrada pela Globo apenas para os cearenses e Baixada Santista),  a derrota para o Cruzeiro (3 a 0, que apareceu na Globo Minas, RBS TV e TV Tribuna de Santos), o empate em casa diante do Fortaleza (3 a 3, outro jogo dividido com a TNT, exibido também pela Globo para cearenses, santistas e pernambucanos).

LEIA MAIS
– Corinthians está há mais de um mês sem jogo transmitido na Globo 
– Como o Santos perdeu espaço na TV aberta com exclusividade da Globo no Brasileirão
– Quantos jogos teve cada grande paulista na TV aberta em SP no Brasileirão desde 1987? 

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS:

Twitter: https://twitter.com/allansimon91

Facebook: https://www.facebook.com/jornalista.allansimon/