O Paulistão 2020 acabou se tornando uma competição equilibrada na disputa de vagas para as quartas de final e na luta contra o rebaixamento para a Série A2 em 2021. Por isso, é importante estar atento aos critérios de desempate em caso de igualdade de pontos para duas ou mais equipes.

Confira quais são os critérios de desempate no Paulistão 2020:

a) Maior número de vitórias;
b) Maior saldo de gols;
c) Maior número de gols marcados;
d) Menor número de cartões vermelhos recebidos;
e) Menor número de cartões amarelos recebidos;
f) Sorteio público na sede da FPF

INSCREVA-SE EM NOSSO NOVO CANAL NO YOUTUBE

Como se definem os rebaixados no Paulistão 2020?

Serão rebaixados dois times,  com base na classificação geral da fase de grupos. Ou seja, as duas equipes que menos pontuarem, independentemente da chave em que estiverem, caem para a Série A2 do Paulistão em 2021.

Quem tem vantagem no mata-mata do Paulistão 2020?

Nas quartas de final, o Paulistão terá a definição de seus semifinalistas em partida única. Caberá à FPF a definição dos locais dos jogos, mas a condição de mandante deste jogo será da equipe que tiver a melhor campanha na primeira fase da competição.  Não há vantagem, e em caso de empate a definição do classificado se dará por disputa de pênaltis.

Na semifinal, o esquema de jogo único com mando para o time de melhor campanha, pênaltis em caso de empate, e renda dividida por igual se repete. O que deve ser observado é a maneira de definição dos confrontos. Não há um sorteio pré-estabelecido para os cruzamentos.

De acordo com as regras do Paulistão, as semifinais serão disputadas da seguinte forma: 1ª melhor campanha x 4ª melhor campanha, 2ª melhor campanha x 3ª melhor campanha.

Para a definição de “melhor campanha”, a FPF vai considerar a soma dos pontos conquistados por cada clube na primeira fase e também nas quartas de final. Ou seja, se um time tiver feito, por exemplo, 25 pontos na fase de grupos e for enfrentar uma equipe que fez 24, mas esse primeiro clube tiver avançado nos pênaltis no primeiro mata-mata, e o outro ganhando no tempo normal, prevalecerá como mandante esse último, que terá 27 pontos na soma, contra 26 do anterior.

Essa regra também vale para definir os mandos dos dois jogos da grande final do Paulistão. Entra na conta também a pontuação que for acumulada pelos times no jogo único da semifinal. Novamente, a decisão do Campeonato Paulista não dará vantagem a nenhuma equipe. Tampouco existe regra de gol qualificado ao visitante. Portanto, a competição será definida nos pênaltis caso haja empate na soma dos resultados.

LEIA MAIS 

– Veja quanta audiência o Flamengo deu na Globo RJ em 2019
– Futebol sem Globo: relembre casos que ficaram marcados na História
– Brasileirão na TV: qual seria o modelo ideal para venda dos direitos?
– Análise: Globo terá que incentivar liga de clubes se MP do Futebol virar lei
– SBT x Globo: a briga histórica que marcou o Paulistão 2003