O Brasileirão 2019 encerrou ontem (15) o seu primeiro turno com 49 jogos transmitidos pela TV por assinatura. Desse total, nove também tiveram exibição simultânea em TV aberta mesmo para onde estava sendo aplicado o “bloqueio de praça”, já que a Globo optou por “furar” a exclusividade da rival Turner em duelos que envolviam dois times fechados com a TNT – mas cujos direitos também pertencem à emissora carioca nas outras mídias.

Mas o que é “bloqueio de praça”? É quando SporTV e TNT fecham o sinal dos jogos para os estados onde são realizados. Isso foi aplicado em 46 partidas, mas em nove delas a transmissão local da Globo acabou “salvando” os telespectadores que ficariam sem a exibição na TV paga. O estado de Santa Catarina foi o maior prejudicado por essa prática. Foram sete jogos transmitidos pelo SporTV que acabaram tendo o sinal cortado para o público catarinense, com destaque para o clássico entre Chapecoense e Avaí, exibido pelo canal da Globosat para o Brasil inteiro, menos para o estado dos dois times.

Há uma explicação lógica para isso. O Grupo Globo tem priorizado os jogos entre os times de maior torcida na TV aberta e no PPV (pay-per-view), deixando para o SporTV as partidas das equipes que brigam na parte de baixo da tabela. Com isso, Chapecoense e Avaí foram os clubes com mais exibições no primeiro turno. O Verdão do Oeste teve nove jogos no canal, enquanto o Leão da Ilha apareceu oito vezes, dividindo a vice-liderança com o CSA.

Apenas um estado teve tantos jogos bloqueados quanto Santa Catarina na TV por assinatura: São Paulo. Mas os paulistas tiveram uma compensação com as transmissões da Globo. Dos sete jogos com bloqueio de sinal em SP, quatro foram exibidos pela TV aberta para todo o estado, e mais um teve transmissão local na Baixada Santista pela TV Tribuna, afiliada à Rede Globo.

No contexto geral, o público paulista foi bloqueado de fato apenas três vezes sem ter como ver as partidas fora do PPV. Foram dois jogos do São Paulo exibidos pelo SporTV no Morumbi, contra Chapecoense e CSA, além de um Santos x Fortaleza da TNT na Vila Belmiro. Ou seja, os moradores do litoral que possuem a cobertura da TV Tribuna deixaram tiveram um saldo ainda melhor na conta final dos bloqueios de praça: foram restringidos apenas os dois jogos do Tricolor no canal do Grupo Globo.

Sem times fechados com a TNT, Santa Catarina (sete jogos), Rio de Janeiro (cinco) e Alagoas (cinco) lideram o ranking final, que considera o número total de jogos com bloqueio de praça, menos as transmissões simultâneas e abertas da Globo para a região bloqueada. Minas Gerais e Ceará aparecem na sequência, com quatro partidas cada. O público menos afetado foi o baiano, que teve apenas o duelo entre Bahia e Santos fechado pela Turner e sem transmissão local em TV aberta.

É importante, porém, fazer uma menção ao caso do Paraná. Foram três jogos bloqueados pela TNT, todos do Athletico Paranaense jogando na Arena da Baixada. O clube não possui acordo com o Grupo Globo pelos direitos de transmissão em PPV. Como essas partidas também não tiveram transmissão em sinal aberto, os paranaenses acabaram ficando sem nenhuma exibição delas. Nem pela Turner, que bloqueou o sinal, nem pelo Premiere, que não tinha os direitos.

Vale lembrar que foram 46 partidas com bloqueio de praça em um total de 49 jogos transmitidos pela TV por assinatura porque três duelos do Palmeiras aconteceram antes da assinatura de contrato entre o clube alviverde e o Grupo Globo. Por contrato, a TNT poderia exibir uma cota de jogos do Verdão para São Paulo, mesmo que fossem realizados na capital paulista. Foram transmitidas as partidas contra Fortaleza, Internacional e Santos. Nesses casos, o Premiere ainda não tinha o direito de usar esses duelos no PPV.

POSESTADOJOGOS FECHADOSGLOBO SIMULTÂNEATOTAL
1SC77
2SP743
3CE624
4RJ55
5AL55
6RS413
7MG44
8GO33
9PR33
10BA211
TOTAL46838

Veja abaixo o ranking com o saldo final de partidas efetivamente bloqueadas, que desconsidera os jogos transmitidos ao mesmo tempo pela Globo. Lembrando que o jogo entre Santos x Fortaleza, que teve transmissão apenas para parte do litoral paulista, não entrou na conta da TV aberta. Só valem partidas exibidas para o estado inteiro.

POSESTADOSALDO DE JOGOS
1SC7
2RJ5
3AL5
4MG4
5CE4
6SP3
7RS3
8GO3
9PR3
10BA1
TOTAL38

LEIA MAIS
– Globo fura exclusividade de mais três jogos da “elite” da TNT no Brasileirão 
– Santos já alcança segunda maior exposição da década no Brasileirão na Globo SP

SIGA AS NOSSAS REDES SOCIAIS:

Twitter: https://twitter.com/allansimon91

Facebook: https://www.facebook.com/jornalista.allansimon/